domingo, 14 de fevereiro de 2016

Ilegal

Durante algum tempo estou com algo na cabeça, o que é ilegal? Sabe, segundo o dicionário ilegal é simplesmente a quebra de normas impostas em algum momento, dito isso vejo que todos nós somos vilões, pois já quebramos alguma norma em certos momentos de nossas vidas. 


Nas aulas de Antropologia aprendi que o brasileiro tem uma “malandragem” e um “jeitinho” para burlar regras, mas penso que isso não é uma característica apenas do brasileiro, mas do ser humano em geral, se não fosse burlar as leis não existiriam vilões nas histórias. 


Revendo novamente “Breaking Bad”, captei um diálogo lá na segunda temporada, onde Skyler e Walter transam dentro no carro, no meio do estacionamento, ela pergunta no fim “Nossa, por que foi tão bom?” e ele responde “Porque foi ilegal”, puta que pariu, e não é que ele tinha razão? Quando fazemos as coisas ilegais, nos sentimos mais vivos, nos da mais sensação de poder. Lembro que eu pulava a estação de trem pra ir até a escola na época da minha adolescência, sendo que eu não precisava pular, todos os dias meu pai me dava dinheiro para eu ir e voltar de trem, sendo que eu pulava e ainda guardava o dinheiro para sair com algumas pretendentes e amigos. Lembro disso hoje em dia e não me arrependo, faria tudo de novo, porque eu sentia uma sensação boa ao pular a estação e burlar a lei. Tenho várias outras histórias e não me arrependo de nenhuma delas. 


Não digo que todo mundo tem que sair por aí fazendo arrastões e matando uns aos outros, não interprete mal, digo que se desafiar a “burlar o sistema” pelo menos alguma vez te da uma sensação de vitalidade, nem que seja por um curto período de tempo, seja dormir no trabalho, matar aula, enfim, são esses desafios que se forem feitos pelo menos uma vez na vida já serão o suficiente para ter histórias para contar. 


Atualmente fiquei careta e correto demais, talvez pelo amadurecimento, mas eu realmente sinto muita falta daquela época, daqueles momentos, tento voltar de vez em quando, mas as vezes minha mente e meu corpo não deixam. O que digo é o seguinte, às vezes o ilegal pode ser bom, e pode valer a pena o risco, em algumas situações você pode até estar correto e o ilegal pode dar tão certo que se torna legal, como o álcool nos anos 30 em relação a hoje em dia, por exemplo. Afinal, algumas leis foram feitas para serem burladas... 


E respondendo a pergunta do início que fiz, “O que é ilegal?”, digo que tudo pode ser ilegal em algum momento, tudo o que fazemos pode ser arriscado, e por que isso? Talvez o motivo seja que nos acomodamos desta forma, tentamos sempre ser algo a mais, alguém superior, alguém como ele ou ela, e não medimos esforços para alcançar os nossos objetivos, e criamos vários tipos de planos na nossa cabeça, alguns deles ilegais, então digo que todos nós em algum momento em nossas vidas fomos fora da lei em potencial. 


Obs: Eu não sou um traficante de metanfetamina... 


Obs²: Não culpe os meus textos pelos seus atos idiotas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário